Sobre a FEUC

História

Uma faculdade na Zona Rural é um contrassenso maior do que construir um galinheiro na Avenida Rio Branco.

Esta frase dita por um vereador, em 1959, na Câmara, não fez desanimar Miécimo da Silva, o vereador da Zona Rural, como era conhecida a Zona Oeste.

Miécimo da SilvaMiécimo da Silva sempre se interessou pela educação e, por isso mesmo, queria trazer para esta região uma instituição de ensino superior para formação de professores.

Seu grande sonho era criar em Campo Grande uma Faculdade de Filosofia. Mas, o que parecia uma utopia para muitos se tornou uma realidade, quando Miécimo encontrou o apoio de profissionais e intelectuais interessados no desenvolvimento da região a partir da educação.

Superando várias adversidades, eles implantaram em Campo Grande a Faculdade de Filosofia, ainda sem sede própria.

Ela começou funcionando, em 1961, no Colégio Batista de Campo Grande, cedido pelo também fundador, Pastor Israel Pinheiro.

A seguir, funcionou no Colégio Belisário dos Santos, graças à cessão feita pelo seu diretor, Professor Helton Veloso de Castro, tendo, posteriormente, sido transferida para a Fundação Souza Marques, em Cascadura, até instalar-se na atual sede, na Estrada da Caroba.

Para atender às necessidades educacionais da região, principal prioridade de seus fundadores, a FEUC também teve a colaboração de muitas pessoas que, com uma visão altruísta e idealista, trabalharam até de graça para a implantação dessa Instituição na Zona Rural.

Desta forma, há mais de cinquenta anos as Faculdade Integradas Campo-Grandenses dedicam-se à formação de professores, mantendo um compromisso moral com a qualidade da educação, especialmente atinente à zona oeste da cidade do Rio de Janeiro – possuidora do maior contingente estudantil da América Latina – e a de municípios vizinhos ao Rio de janeiro, como é o caso dos de Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica, Angra dos Reis, Paraty, Paracambi e parte da baixada fluminense

Campo Esportivo

Auditório

Laboratório de Informática

Como Chegar?


Estrada da Caroba, 685 – Campo Grande, Rio de Janeiro – RJ, CEP 23085-590

Telefones

  • Matrículas – (21) 3408-8478
  • Superintendência –  (21) 3408-8457
  • Secretaria da Graduação – (21)3408-8485
  • Coordenação da Graduação – (21) 3408-8482
  • Secretaria da Pós-Graduação – (21) 3408-8486
  • Coordenação da Pós-Graduação, Cursos de Extensão e Pesquisa – (21) 3408-8470

Estrutura Organizacional

Presidente
Prof. Durval Neves da Silva

Diretor Administrativo
Prof. Hélio Rosa de Araújo

Diretora de Ensino
Prof. Arlene da Fonseca Figueira

Diretor das Faculdades Integradas Campo-Grandenses(FIC)
Prof. Hélio Rosa de Araújo

Diretora do Colégio de Aplicação Emmanuel Leontsinis (CAEL)
Profª Regina Sélia de Oliveira Iápter

Coordenador de Pós-Graduação, Extensão, Pesquisa e Cursos Livres (CEPOPE)
Prof. Victor Ramos da Silva

Coordenação Acadêmica Geral das Faculdades Integradas Campo-Grandenses (FIC)
Profª. Rosilaine Souza de Araújo
Prof. Victor Ramos da Silva

Coordenadores dos cursos de graduação das Faculdades Integradas Campo-Grandenses (FIC)

Bacharelado em Administração: Profª. Cátia Regina França de Sousa Gaião e Silva
Bacharelado em Sistemas de Informação: Profª. Aline Silvestre Rosa Serrão
Licenciatura em Ciências Sociais: Profª. Célia Regina Neves da Silva
Licenciatura em Geografia: Profª. Rosilaine Souza de Araujo
Licenciatura em História: Profª Marcia Cristina Roma de Vasconcelos
Licenciatura em Matemática: Prof. Alzir Fourny Marinhos
Licenciatura em Pedagogia: Profª. Claudia Celencina Carvalho de Miranda
Licenciatura em Letras: Profª. Arlene da Fonseca Figueira e Profª Norma Maria Jacinto da Silva
Licenciatura em Computação: Profª. Aline Silvestre Rosa Serão
Tecnologia em Sistemas Elétricos: Profª Luciane de Rezende Souza
Comissão Própria de Avaliação (CPA): Carlos Roberto Lima Firmino
Coordenação de Estágio e Mercado de Trabalho (CEMT): Prof. Victor Ramos da Silva

Missão

Viabilizar a vida das pessoas por meio de uma educação com foco na formação e na informação.

As FIC perseguem essa missão frente aos desafios impostos por um mundo globalizado e uma economia profundamente alicerçada em conhecimento e tecnologia.

Visão

Ser a melhor instituição educacional da Zona Oeste e referência na formação de professores.

Campo Grande e adjacências integram uma das principais regiões de expansão e desenvolvimento da cidade do Rio de Janeiro. Este desenvolvimento requer pessoas preparadas para aprenderem continuamente e, também, dispostas a auxiliar outras pessoas na busca do aprendizado. Nesse âmbito, as FIC enxergam como oportunidades se fortalecerem como “a melhor instituição educacional da Zona Oeste e referência na formação de professores”.