Juntas, trilhando um caminho de longevidade e afetividade

0 Flares 0 Flares ×

 

O terno olhar da professora Irene Vianna sobre seus quase 50 anos convivendo com a FEUC

 

DSC_0185Por Irene da Silva Vianna da Silva
Graduada em Letras Neolatinas e especialista em Português e Literaturas, é a mais antiga funcionária da FEUC ainda em atividade

Minha atuação como educadora se baseia primordialmente nas palavras de Pestalozzi: “O ensino para ser efetivo tem que ser afetivo”.

Afeição é a palavra chave para o desempenho prazeroso de um propósito. Leva-nos a amar o que fazemos, a nos importar com o outro.

Nestes meus tantos anos de existência, exerci algumas atividades (inspetora de alunos, escriturária), mas só ser educadora me faz feliz. Desde 1958, dedico-me a essa tarefa. Empenho-me em motivar o aluno, mostrando-lhe as diversas maneiras que ele pode usar para avançar e crescer como criatura e cidadão. Avançar é aprender.

Na FEUC, desde 1966, realizo-me plenamente. É minha segunda casa. Aqui me formei em Letras, em 1969. No ano seguinte comecei a lecionar na instituição, junto ao saudoso professor Almo Saturnino. Hoje, em que pese o fato de estar aposentada, continuo na FEUC com muita honra e alegria.

Durante toda essa trajetória, acompanhei o crescimento da FEUC e procuro dar uma parcela de contribuição exercendo minha tarefa educativa.

Nos idos dos anos 60/70, quando meu caminho se cruzou com o da FEUC, tudo era bastante diferente do que vejo hoje. O crescimento da faculdade se deu de forma expressiva. O pequeno prédio sede da instituição se tornou um amplo edifício com muito mais conforto e comodidade. A modernidade chegou e trouxe junto de si a internet, as redes sociais, novas e diversas formas de comunicação causando grande revolução no ensino. E a nossa instituição acompanhou passo a passo todas as transformações.

Vi o crescimento da FEUC no seu aspecto físico, sua modernização, sua pujança. No entanto é o que existe intrinsecamente na FEUC que me encanta e seduz. Formamos uma família com os altos e baixos desse tipo de relacionamento. Juntos, durante toda a trajetória da instituição, enfrentamos e vencemos dificuldades.

Há entre os que aqui trabalham e estudam um elo fraterno, um companheirismo concreto, uma dedicação carinhosa. Esse clima manifesta-se e contagia. Faz com que se estreitem e se fortaleçam os laços que nos unem e o entusiasmo que nos leva sempre a aumentar nosso orgulho de pertencer aos quadros da consagrada casa de ensino.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


dois × 2 =

Somente serão aceitos comentários de autor identificado, relacionados ao assunto em pauta e que não contenham termos ofensivos.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×